Pedimos aos senhores pais a vossa compreensão para o fato de que o conteúdo da lição de casa e a quantidade são variáveis. Os professores, na elaboração das atividades, pensam nos alunos individualmente, e no desenvolvimento daquele dia em específico.

Quando vemos que o aluno compreendeu o conteúdo do dia completamente e deseja o aprimoramento, lançamos uma série de exercícios para a fixação da técnica, e em quantidade abundante. Porém, em casos onde o conteúdo ainda não foi fixado e o aluno mostra-se inseguro e desmotivado, os exercícios de lição serão de revisão, e a quantidade também será reduzida.

 

Em um outro caso que por vezes acontece, temos o aluno que faz todas as lições, mas acaba resolvendo o problema de maneira errada e, com a prática contínua, fazendo disso um hábito. Para este aluno, efetuaremos sempre que possível as devidas correções, mas haverão exercícios para se revisar as bases. Em casa, mesmo quando o aluno pareça estar tendo dificuldades com a lição, a melhor postura é deixar ele descobrir a resposta sozinho, da maneira correta, sem a intervenção de outras pessoas. Isso é essencial para tornar a resolução correta dos exercícios um hábito. Se o aluno não conseguir responder o exercício, tranquilizem-nos no sentido de que na aula seguinte o professor vai explicar como é a resolução daquele exercício.

 

Nos dias em que o aluno não se anima a fazer a lição, pedimos que os pais realizem um meio termo entre encorajar e dar bronca, de forma a manter o soroban uma prática divertida mesmo em casa.