Alunos de nível avançado a partir de multiplicação, divisão.

Plano de aulas mensal:

Semana 1: Ábaco com divisão dos algarismos

Semana 2: Cálculo mental com divisão dos algarismos

Semana 3: Divisão por nível – Abacus Circuit

Semana 4: Treino dividido por nível/ Prova interna de classificação

Outros conteúdos: Treino para a prova Abacus Circuit

Observação: Ditado com soroban, ditado de cálculo mental, Flash Anzan são realizados todas as aulas.

 

  • Divisão dos algarismos

Escolha de prints de adição, subtração, multiplicação e divisão, dividindo o cálculo pelo número de algarismos presente, para fazer no ábaco ou mentalmente. De acordo com o nível de aprendizado de cada um.

Eleva-se a precisão e a rapidez, tendo especial atenção para a movimentação dos dedos e o posicionamento do olhar. Exercício especial para se superar dificuldades e aumentar a quantidade de dígitos que o aluno consegue operar.

 

  • Divisão por nível

Através da resolução de problemas em sequência por cinco minutos corridos, vai se elevando a pontuação e, com isso, partindo para exercícios cada vez mais desafiadores.

Possui uma metodologia semelhante ao Abacus Circuit (ver abaixo), mas com questões mais especificamente divididas por nível.

 

  • Abacus Circuit

No Japão, há uma publicação mensal específica para o soroban, a revista “SunRise”. Esta publicação promove, mensalmente, um torneio chamado “Abacus Circuit”, do qual a cada vez participam cerca de 6.000 pessoas do mundo todo. Os participantes conseguem ver sua classificação em um ranking abrangendo todos os participantes.

Para maiores informações ou para consultar o ranking dos alunos, é possível acessar o site da SunRise,http://soroban.us/index88.htm.

Através de um ranking mensal mostrando a evolução do aluno no ranking mundial e no ranking interno da escola, pode-se ter uma noção acurada do progresso individual.

Na metodologia de correção, privilegia-se com mais pontos os cálculos feitos através do cálculo mental, e por isso há um incentivo extra para o desenvolvimento desta habilidade.

Como o teste é mensal e, ao mesmo tempo, simultâneo no mundo inteiro, cria-se uma atmosfera de tensão para se testar as habilidades individuais, acostumando os alunos para outras ocasiões futuras.

O ranking é dividido de acordo com o nível em F2 (iniciantes), F1 (avançados) e F0 (master).

No Abacus Circuit, a batalha é principalmente consigo mesmo, almejando sempre superar seu recorde anterior

 

  • Treino dividido por nível/ Prova interna de classificação

Trata-se de exercícios baseados nas provas da Associação Japonesa de Ensino de Soroban. Para maiores informações sobre a Associação Japonesa de Ensino de Soroban e suas provas, favor acessar http://www.soroban.or.jp/exam/.

Uma vez que concluimos nosso módulo básico com a prova do nível 8 dessa associação, iniciamos o módulo avançado com exercícios da prova de nível 7. A partir do nível 3, incluem-se multiplicações e divisões com decimais e exercícios de extração de raíz quadrada e cúbica.

Para interessados e possíveis candidatos, fazemos também provas simuladas.

 

Nós, educadores, fazemos o possível em quesitos técnicos e de orientação para que o aprendizado seja, ao mesmo tempo, divertido e consistente. Além disso, para que todos tenham uma consciência de seu próprio nível de aprendizado e para que sejam estimulados também pelos resultados dos colegass, elaboramos um ranking com todos os alunos da escola.

Criamos esse clima de “torneio competitivo” especialmente uma vez por mês, durante o Abacus Circuit, para valorizar o teste em que os treinos habituais são testados. Conforme apresentado acima, geralmente na terceira semana do mês fazemos a versão oficial da prova, e espera-se a participação de todos os alunos. Em caso de necessitar se ausentar da aula nesse dia, favor entrar em contato com as professoras e verificar a possibilidade de remarcar a prova para a aula anterior ou seguinte. O fato de que essa prova é realizada todos os meses atesta a evolução do aluno, e isso se torna uma grande motivação para a continuação dos estudos e do auto-aperfeiçoamento.

Com relação ao exame de certificação, conforme vai-se subindo os níveis, a aprovação para o nível seguinte vai ficando cada vez mais difícil. O soroban funciona como blocos de empilhar. Se para passar no primeiro nível basta colocar um bloco no chão, a cada nível vão se acumulando blocos acima deste, e o fato de conseguir empilhá-los fica cada vez mais desafiador. Não é como uma tarefa que pode ser realizada sempre com destreza, há épocas em que é muito difícil conseguir avançar para o próximo estágio. Por exemplo, mesmo que o aluno consiga aprovação nos níveis 7, 6 e 5 com facilidade, muitas vezes fica-se preso no intervalo até o próximo nível por algum tempo. Quando este tipo de situação ocorre, deve-se procurar o motivo que impede a aprovação e praticar com exercícios de outras provas também. Explicaremos devidamente a razão para que tais exercícios são importantes naquele momento, mas contamos com a compreensão dos pais para auxiliar a motivação do aluno, que talvez se desmotive por fazer revisões.

Em nossa escola, colocamos em prática as metodologias mais atuais de ensino de soroban japonesas, e baseamos o conteúdo de nossas aulas na metodologia exposta neste item, com este conteúdo.

O modelo exposto acima é o de uso geral, sendo necessárias algumas adaptações para cada caso individual.